{ Evangeliza=?ISO-8859-1?Q?=E7=E3?=o Pessoal } #132# Qual O Tesouro Mais Valioso?

segunda-feira, 31 de maio de 2010 comente
 

Ministério Para Refletir

Para Refletir...(01/06/10)

Qual O Tesouro Mais Valioso?

 

"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar
a um e amar o outro, ou há de dedicar-se a um e desprezar o
outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas" (Mateus
6:24).


Foi encontrado, nas ruínas de Pompéia, um corpo petrificado
de uma mulher com suas jóias na mão. Ela gastou todo o seu
tempo para reunir as jóias, em vez de fugir, sem demora, da
cidade condenada. Por ter demorado a sair do local, ela
acabou perdendo tanto as jóias como a vida. Grandes
multidões continuam cometendo o mesmo engano. Ao tentarem
alcançar, ao mesmo tempo, a terra e o céu, acabam perdendo a
ambos...


Que tesouro estamos buscando neste mundo? As riquezas da
terra, que podem desaparecer a qualquer momento, ou as
dádivas celestiais que duram para sempre? Estamos
preocupados apenas com a prosperidade material, que pode ser
enganosa ou com os tesouros espirituais que garantirão a
plenitude de nossa felicidade?


Muitas vezes deixamos Deus em segundo plano porque a nossa
prioridade é ganhar dinheiro. Alguns até tentam fazê-lo na
vida espiritual, "investindo no reino" como quem deposita em
fundos bancários. Acham que "dando muito" receberão muito
mais. Não amam a Deus, mas ao retorno financeiro que Ele
pode dar. Acabam frustrados por perderem até o pouco que
têm.


O maior tesouro que podemos possuir não é uma caixa de jóias
guardada em um cofre seguro ou uma conta com muitos zeros.
Isso pode acabar um dia e de nada servirá após a nossa
morte. Muito mais valioso é o tesouro celestial, que nos
proporciona uma vida de felicidade aqui neste mundo e uma
alegria que durará por toda a eternidade.


Não podemos priorizar os tesouros da terra achando que, no
final da vida, ganharemos também o celestial. Pode não dar
tempo. Mais acertado é garantir os tesouros celestiais e,
sob a bênção do Senhor, desfrutar dos tesouros que Ele
desejar nos dar aqui no mundo.


*****
Caso tenha um amigo que deseja receber as reflexões diárias
e não participar de listas, basta preencher o link indicado
no final e assinar a lista de envio de apenas uma mensagem
diária.
*****

 

Paulo Roberto Barbosa. Um cego na Internet! Visite minha homepage:

Escuro Iluminado

 

Assine a Lista de Reflexões

Caso você deseje receber as reflexões diárias diretamente em sua mailbox, preencha o campo abaixo com seu email e clique o botão enviar.

__._,_.___
Atividade nos �ltimos dias:
x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x

Nossos Emails

Aconselhamento: aconselhamento@evangelizacaopessoal.com

Evangelismo e Discipulado: discipulado@evangelizacaopessoal.com

Pedidos de Ora��o: intercessao@evangelizacaopessoal.com

Propiet�ria do grupo: tthatthy@evangelizacaopessoal.com

Sair do Grupo: evangelizacaopessoal-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Nosso Site: www.evangelizacaopessoal.com

x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x

Apartamentos de 2 dormitórios a partir de R$ 65 mil

Solteiros! Conheça homens que buscam uma relação séria

Mais de 6 mil novas vagas de EMPREGO por dia. CLIQUE e faça uma Busca!
.

__,_._,___

[Batistas do Brasil] Deus é fiel

comente
 

AO POVO DE DEUS QUE ORA POR TERCIO
 
MAIS UMA VITORIA
 
TATIANA, ESPOSA DE  TERCIO E ELIANA MINHA FILHA, ACABAM DE ME INFORMAR QUE TERCIO JÁ ESCUTA ORDENS: SE MANDA ABRIR OU FECHAR OS OLHOS, ELE ABRE E FECHA, APERTA AS MAOS E RIR. SO NAO PODE FALAR PORQUE AINDA ESTÁ COM TUBOS PARA OXIGENAR O CEREBRO.
 
A INFECÇAO JÁ BAIXOU UM 60%, COMO TAMBEM A CRIATININA. ESPEREMOS EM ORAÇAO O PARECER DOS MÉDICOS E AGUARDEMOS AS ORDENS DE NOSSO DEUS SOBERANO. ISAIAS

__._,_.___
Atividade nos últimos dias:
Batistas do Brasil é um grupo de membros de igrejas batistas filiadas à Convenção Batista Brasileira, mas sem vínculo oficial com a mesma.

Para ingressar neste grupo, basta enviar um e-mail em branco para:
batistasdobrasil-subscribe@yahoogrupos.com.br

"O culto é uma solenidade racional para louvar a Deus, e não um entretenimento puramente emocional para satisfação pessoal. Culto não é balada."

CANTOR CRISTÃO: Didática e proclamações bíblicas através da música.

"Apenas duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Só tenho dúvidas quanto ao universo." (Albert Einstein)

Solte sua voz de cidadão no grupo Voz da Sociedade:  http://br.groups.yahoo.com/group/vozdasociedade
Divirta-se. Conheça mulheres lindas e solteiras agora.

Procurando aptos? Acesse Y!Imóveis e encontre ótimas oportunidades!

ESTÁGIO Remunerado Clique AQUI! São mais de 10.000 vagas.
.

__,_._,___

[Batistas do Brasil] RE: É preciso contar às nossas crianças a verdade sobre a Guerra do Paraguai

comente
 



É ISSO AÍ, QUERIDO COLEGA!!!!!!!

A HISTÓRIA OFICIAL É UMA, E A HISTÓRIA VERDADEIRA É OUTRA.

A HISTÓRIA DAS GUERRAS É SEMPRE ESCRITA PELOS VENCEDORES.

ABRAÇOS.

PR. ADRIANO PEREIRA DE OLIVEIRA




De: albino faustino <pr.albinofaustino@hotmail.com>

pr Adriano esta eu nunca havia lido.
Isto não é contado em nossas escolas pelo menos da minha época de aluno dos cursos primário e colegial.
Então hoje o nosso Brasil é um paraíso.
Valeu
obrigado
 



Subject: É preciso contar às nossas crianças a verdade sobre a Guerra do Paraguai
From: pastordri@yahoo.com.br


De: Argemiro Pertence <apertence@yahoo.com.br>


Guerra do Paraguai - o holocausto sul-americano

 

http://www.uff.br/comunicacao/holocausto/32-34.htm

 

Na Guerra do Paraguai os chamados "crimes contra a humanidade" repetiram-se com freqüência. E não foram poucos.

O general Bartolomé Mitre, primeiro comandante das forças aliadas, queïxou-se de que, em setembro de 1865 - após a rendição das tropas paraguaias do general Estigarribia, que ocupavam Uruguaiana - a cavalaria brasileira havia arrebatado aos argentinos cerca de mil prisioneiros para vendê-los, posteriormente, como escravos para os estancieiros gaúchos. No decorrer do conflito a venda de prisioneiros para serem escravizados tornou-se um próspero comércio, incluindo eventualmente também civis de ambos os sexos. O suíço Ulrich Lopacher - ele próprio forçado a lutar no exército argentino - testemunhou, no final do prolongado cerco aliado à fortaleza de Humaitá, o encontro dramático entre compatriotas que combatiam em lados apostos. Uma mulher, em uniforme de sargento da artilharia, destacou-se do grupo de paraguaios rendidos, precipitando-se entre os inimigos para abraçar, chorando, um deles. Era o seu marido, também paraguaio, que tornara-se "prisioneiro-soldado" das tropas da Tríplice Aliança. Na Argentina, onde a guerra era inteiramente impopular, o recrutamento forçado de jovens chegava ao ponto de mantê-los acorrentados uns aos outros para conduzi-los aos acampamentos militares. No Uruguai, a arregimentação de novos contingentes chegava a despovoar vilas inteiras. Segundo diplomatas estrangeiros, a população masculina fugia para o interior, refugiando-se nas matas e montanhas, para não ser incorporada ao exército. Em conseqüência, as deserções e os motins entre as tropas da Tríplice Aliança eram freqüentes. Só na Argentina ocorreram cerca de uma centena de rebeliões internas durante o período da Guerra do Paraguai, não só em virtude de rivalidades entre as Províncias mas também pela resistência à convocação obrigatória. Muitos crimes de guerra permaneceram ignorados, até pela falta de sobreviventes para denunciá-los. Outros foram denunciados mas permaneceram impunes e voltaram a ser repetidos. O jornal londrino "The Evening Star" publicou denúncia de seu correspondente em Montevidéu relatando que as tropas uruguaias do general Venâncio Flores haviam degolado, no início da guerra, 1.400 prisioneiros paraguaios, abandonando os corpos insepultos no campo onde travara antes a batalha. Detalhe hediondo: todas as vítimas tinham as mãos atadas às costas. Idêntica atrocidade seria cometida depois pelos brasileiros, em agosto de 1869, na fase final da guerra. Na luta pela posse de Peribebuy - que fora transformada em quartel general de Solano López após a queda de Assunção - todos os paraguaios capturados foram igualmente degolados, inclusive seu comandante, o general Pedro Pablo Caballero. O massacre foi ordenado pelo conde d’Eu, Gaston d’Orleans, em represália à resistência dos paraguaios que resultara na morte de elevado número de brasileiros, entre ele o general Mena Barreto. Não satisfeito, o genro de Dom Pedro II mandou incendiar, em seguida, o hospital da localidade, cujas janelas e saídas haviam sido previamente bloqueadas, mantendo em seu interior os feridos e enfermos, entre eles muitos idosos e crianças. Para não deixar sobreviventes, o conde d’Eu ordenou aos soldados que cercavam o prédio incendiado para que empurrassem de volta às chamas, a golpes de lanças e baionetas, os que tentavam escapar. Novo e brutal extermínio ocorreu apenas quatro dias depois do massacre de Peribebuy, na batalha de Acosta Nu, em que 20 mil soldados aliados lutaram contra apenas 500 veteranos paraguaios, comandados pelo general Bernardino Caballero, e 3.500 crianças, cujas idades eram inferiores a dez anos. Sem distinguir adultos ou crianças, a matança incluiu também, mulheres que lutavam ao lado de seus filhos e companheiros, não poupando nem mesmo aquelas que, desarmadas, tentavam socorrer os feridos ou resgatar corpos. Estas últimas tinham presenciado a luta desigual ocultas no matagal que cercava o campo onde se travava a batalha. Quando, após muitas horas, os combates cessaram, Gaston d’Orleans mandou que o matagal fosse incendiado, matando as mulheres e os feridos. Episódio semelhante em crueldade já ocorrera, em dezembro de 1868, no término da batalha de Avaí, em que perderam a vida 3 mil brasileiros e o general Osório teve o maxilar destroçado por um tiro. Como vingança, lanceiros da cavalaria brasileira atacaram mulheres indefesas que socorriam os feridos paraguaios. Consta que os aliados teriam promovido a contaminação proposital de rios da região do conflito, jogando em suas águas cadáveres de vítimas do cólera. Em despacho privado ao imperador Pedro II, datado de 18 de novembro de 1867, atribuído ao marechal Luiz Alves de Lima e Silva, na época ainda marquês de Caxias, a prática desta espécie de guerra bacteriológica primitiva teria sido admitida como uma estratégia "para levar contágio às populações ribeirinhas". O general Bartolomé Mitre teria não só aprovado a medida como o exército argentino, sob o seu comando, praticaria uma variação igualmente mórbida: a de enviar para as linhas de frente soldados portadores de varíola. Embora sem condições de combater, os militares doentes, ao serem capturados, disseminariam a moléstia entre os inimigos. Porém ninguém conseguiu exceder o sadismo com que o conde d’Eu conduziu as forças brasileiras, em substituição a Caxias, na fase final da guerra. Em menos de um ano de comando - de 15 de abril de 1869 até a morte de Solano López, em 1° de março de 1870 - o marido de Princesa Isabel colocou seu nome entre os maiores e mais impiedosos criminosos de guerra de todos os tempos. Além das matanças que promoveu, o príncipe francês empenhou-se em arrasar materialmente o país vencido. Apenas dois meses depois de assumir o comando das tropas, mandou a artilharia bombardear a Fundição de Ibycui e fuzilou os paraguaios que haviam sobrevivido ao ataque, inclusive o seu comandante. As máquinas e equipamentos que ainda restavam, e poderiam ser recuperadas, foram destruídas meticulosomente pelos soldados brasileiros orientados por um oficial engenheiro. Para completar, foram dinamitadas as comportas da represa da usina que fornecia energia para a siderúrgica, causando a inundação do vale onde fora construída Ibycui e submergindo os seus destroços. Para vencer o Paraguai não bastava o holocausto de sua população. Era preciso também destruí-lo materialmente. Tudo o que simbolizasse o seu progresso e independência teria de ser transformado em ruínas. E assim foi feito.  

 

   

"O Brasil não passa de um imenso Paraguai" - A.Pertence

 


--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "Parada Federal" dos Grupos do Google.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para paradafederal@googlegroups.com.
Para cancelar a inscrição nesse grupo, envie um e-mail para paradafederal+unsubscribe@googlegroups.com.
Para obter mais opções, visite esse grupo em http://groups.google.com/group/paradafederal?hl=pt-BR.



POR ANO SÃO ENCONTRADOS 609.000 SITES QUE ROUBAM DADOS. VEJA COMO SE PROTEGER AQUI.

--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "Parada Federal" dos Grupos do Google.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para paradafederal@googlegroups.com.
Para cancelar a inscrição nesse grupo, envie um e-mail para paradafederal+unsubscribe@googlegroups.com.
Para obter mais opções, visite esse grupo em http://groups.google.com/group/paradafederal?hl=pt-BR.

__._,_.___
Atividade nos últimos dias:
Batistas do Brasil é um grupo de membros de igrejas batistas filiadas à Convenção Batista Brasileira, mas sem vínculo oficial com a mesma.

Para ingressar neste grupo, basta enviar um e-mail em branco para:
batistasdobrasil-subscribe@yahoogrupos.com.br

"O culto é uma solenidade racional para louvar a Deus, e não um entretenimento puramente emocional para satisfação pessoal. Culto não é balada."

CANTOR CRISTÃO: Didática e proclamações bíblicas através da música.

"Apenas duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Só tenho dúvidas quanto ao universo." (Albert Einstein)

Solte sua voz de cidadão no grupo Voz da Sociedade:  http://br.groups.yahoo.com/group/vozdasociedade
Procurando aptos? Acesse Y!Imóveis e encontre ótimas oportunidades!

Está sozinho? Encontre mulheres do jeitinho que você gosta

ESTÁGIO Remunerado Clique AQUI! São mais de 10.000 vagas.
.

__,_._,___

[Batistas do Brasil] VIAGEM MISSIONÁRIA - Santa Isabel / SP

comente
 

Encaminho...


Olá Irmãos
 
Está chegando mais um desafio missionário, VAMOS A SANTA ISABEL. Será no dia 26 de junho de 2010 e queremos levar o maior número de pessoas possível. Passaremos o dia inteiro por lá fazendo evanvelismo de casa em casa e à partir das 18: horas teremos um grande louvor na Praça no centro da cidade com a pregação da Palavra de Deus. VOCÊ NÃO PODE FICAR DE FORA.
 
Preencha já a sua ficha de inscrição para que possamos saber o número exato de irmãos para que seja providenciada a alimentação. O valor de R$ 20,00 cobre o ônibus, a alimentação e o material que vamos utilizar.
 
CONTAMOS COM VOCÊ.
 
Grande abraço
 
Pr. Luiz Carlos
 
Confirmações até o momento:
 
IB Pq. Jurema - 20 pessoas
IB Ponte Grande- 10 pessoas
IB Central Jd. Cumbica - 05 pessoas
 
 

Esforço Missionário Concentrado – Viagem Missionária

Santa Isabel – 26 de junho de 2010

Ficha de Inscrição – R$ 20,00

 

Igreja:__________________________________________________________________

Nome:___________________________________________Nasc.__________________

Endereço:________________________________________Fone:__________________

RG. Nº_______________________E-mail:____________________________________

 




USE O MESSENGER DENTRO DO HOTMAIL SEM PRECISAR INSTALAR NADA. CLIQUE PARA VER COMO.



__._,_.___
Atividade nos últimos dias:
Batistas do Brasil é um grupo de membros de igrejas batistas filiadas à Convenção Batista Brasileira, mas sem vínculo oficial com a mesma.

Para ingressar neste grupo, basta enviar um e-mail em branco para:
batistasdobrasil-subscribe@yahoogrupos.com.br

"O culto é uma solenidade racional para louvar a Deus, e não um entretenimento puramente emocional para satisfação pessoal. Culto não é balada."

CANTOR CRISTÃO: Didática e proclamações bíblicas através da música.

"Apenas duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Só tenho dúvidas quanto ao universo." (Albert Einstein)

Solte sua voz de cidadão no grupo Voz da Sociedade:  http://br.groups.yahoo.com/group/vozdasociedade
Veja os imóveis mais procurados em Rio de Janeiro no Yahoo! Imóveis

Divirta-se. Conheça mulheres lindas e solteiras agora.

Mais de 180 mil Vagas de EMPREGO, em 1.600 cidades brasileiras.
.

__,_._,___

{ Evangeliza=?ISO-8859-1?Q?=E7=E3?=o Pessoal } especial para as mulheres

comente
 

Especial para as Mulheres
Muitas mulheres sofrem a tristeza de saber que seus esposos não estão servindo o Senhor. Talvez você seja convertida a Cristo, mas seu esposo ainda resiste ao evangelho. O que fazer agora? Pedro responde a esta pergunta: "Do mesmo modo, esposas, sujeitem-se a seus maridos, a fim de que, se alguns deles não obedecem à palavra, sejam ganhos sem palavras, pelo procedimento de suas esposas, observando a conduta honesta e respeitosa de vocês" (1 Pedro 3:1-2 ). Nos versículos que seguem (3-6), ele fala sobre como a mulher devota deve conduzir-se. Não tente impressionar seu esposo com atitudes e modas mundanas.

Aqui estão algumas poucas sugestões específicas de como ajudar seu esposo a aceitar o Senhor:

1-Evite censurar e criticar (Provérbios 21:9). Isto só fará com que ele desgoste de você e rejeite o Deus que você serve.

2-Agrade-o e mostre seu amor (Tito 2:4). A verdadeira cristã será uma esposa melhor do que antes. Ela estará mais atenta ao seu esposo e suas necessidades.

3-?Seja uma boa dona de casa (Tito 2:5). Seja diligente com o seu trabalho domés-tico, cuide de sua família e continue a ler a Bíblia e a orar. É difícil, mas não impossível, conciliar estes vários deveres.

4- Leia 1 Coríntios 13:4-7 freqüentemente, até mesmo diariamente. Pratique cuidadosamente o que estes versículos ensinam.

5- Submeta-se a seu esposo em tudo, desde que ele não exija que você desobedeça a Deus. (Colossenses 3:18; Efésios 5:22-24; Atos 5:29). Ele entenderá melhor como submeter-se à autoridade de Deus se você lhe mostrar que pode ser submissa a ele. Se ele pedir a você que faça o que é errado, explique bondosamente sua determinação a colocar Deus em primeiro lugar, e não se abale dessa convicção.

6- Mantenha seu auto-domínio e seja paciente (Provérbios 16:32; 2 Pedro 3:9). Pode levar anos para abrandar seu coração teimoso. Enquanto ele estiver vivo, há esperança.

7- CONCLUSÃO : Ore constantemente (1 Tessalonicenses 5:17).


 

__._,_.___
Atividade nos últimos dias:
x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x

Nossos Emails

Aconselhamento: aconselhamento@evangelizacaopessoal.com

Evangelismo e Discipulado: discipulado@evangelizacaopessoal.com

Pedidos de Oração: intercessao@evangelizacaopessoal.com

Propietária do grupo: tthatthy@evangelizacaopessoal.com

Sair do Grupo: evangelizacaopessoal-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Nosso Site: www.evangelizacaopessoal.com

x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x

.

__,_._,___

{ Evangeliza=?ISO-8859-1?Q?=E7=E3?=o Pessoal } Ajuda (Urgente)

comente
 

A paz do Senhor amados!!
 
 
Irmãos, até então eu achava que satanás foi lançado fora do céu por Deus por conta de sua rebelião, conforme a passagem de Ezequiel 28:12-16, porém em Gênesis no capitulo 3, temos a serpente e Eva e Adão, ou seja, satanás já existia...
 
 
Irmão, tenho plena consciência de que a santa e gloriosa Palavra do Senhor pode me esclarecer essa confusão que eu tenha feito....
 
 
Conto com ajuda de vocês!!!
 
 
Deus os abençoe!
Caroline.
 
 

__._,_.___
Atividade nos últimos dias:
x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x

Nossos Emails

Aconselhamento: aconselhamento@evangelizacaopessoal.com

Evangelismo e Discipulado: discipulado@evangelizacaopessoal.com

Pedidos de Oração: intercessao@evangelizacaopessoal.com

Propietária do grupo: tthatthy@evangelizacaopessoal.com

Sair do Grupo: evangelizacaopessoal-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Nosso Site: www.evangelizacaopessoal.com

x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x

Faça uma Busca por um Novo EMPREGO Aqui! São mais de 180.000 vagas!

Está solteira? Muitos homens aqui procuram querem namoro sério

Veja os imóveis mais procurados em Rio de Janeiro no Yahoo! Imóveis
.

__,_._,___

[Batistas do Brasil] É preciso contar às nossas crianças a verdade sobre a Guerra do Paraguai

comente
 


De: Argemiro Pertence <apertence@yahoo.com.br>


Guerra do Paraguai - o holocausto sul-americano

 

http://www.uff.br/comunicacao/holocausto/32-34.htm

 

Na Guerra do Paraguai os chamados "crimes contra a humanidade" repetiram-se com freqüência. E não foram poucos.

O general Bartolomé Mitre, primeiro comandante das forças aliadas, queïxou-se de que, em setembro de 1865 - após a rendição das tropas paraguaias do general Estigarribia, que ocupavam Uruguaiana - a cavalaria brasileira havia arrebatado aos argentinos cerca de mil prisioneiros para vendê-los, posteriormente, como escravos para os estancieiros gaúchos. No decorrer do conflito a venda de prisioneiros para serem escravizados tornou-se um próspero comércio, incluindo eventualmente também civis de ambos os sexos. O suíço Ulrich Lopacher - ele próprio forçado a lutar no exército argentino - testemunhou, no final do prolongado cerco aliado à fortaleza de Humaitá, o encontro dramático entre compatriotas que combatiam em lados apostos. Uma mulher, em uniforme de sargento da artilharia, destacou-se do grupo de paraguaios rendidos, precipitando-se entre os inimigos para abraçar, chorando, um deles. Era o seu marido, também paraguaio, que tornara-se "prisioneiro-soldado" das tropas da Tríplice Aliança. Na Argentina, onde a guerra era inteiramente impopular, o recrutamento forçado de jovens chegava ao ponto de mantê-los acorrentados uns aos outros para conduzi-los aos acampamentos militares. No Uruguai, a arregimentação de novos contingentes chegava a despovoar vilas inteiras. Segundo diplomatas estrangeiros, a população masculina fugia para o interior, refugiando-se nas matas e montanhas, para não ser incorporada ao exército. Em conseqüência, as deserções e os motins entre as tropas da Tríplice Aliança eram freqüentes. Só na Argentina ocorreram cerca de uma centena de rebeliões internas durante o período da Guerra do Paraguai, não só em virtude de rivalidades entre as Províncias mas também pela resistência à convocação obrigatória. Muitos crimes de guerra permaneceram ignorados, até pela falta de sobreviventes para denunciá-los. Outros foram denunciados mas permaneceram impunes e voltaram a ser repetidos. O jornal londrino "The Evening Star" publicou denúncia de seu correspondente em Montevidéu relatando que as tropas uruguaias do general Venâncio Flores haviam degolado, no início da guerra, 1.400 prisioneiros paraguaios, abandonando os corpos insepultos no campo onde travara antes a batalha. Detalhe hediondo: todas as vítimas tinham as mãos atadas às costas. Idêntica atrocidade seria cometida depois pelos brasileiros, em agosto de 1869, na fase final da guerra. Na luta pela posse de Peribebuy - que fora transformada em quartel general de Solano López após a queda de Assunção - todos os paraguaios capturados foram igualmente degolados, inclusive seu comandante, o general Pedro Pablo Caballero. O massacre foi ordenado pelo conde d’Eu, Gaston d’Orleans, em represália à resistência dos paraguaios que resultara na morte de elevado número de brasileiros, entre ele o general Mena Barreto. Não satisfeito, o genro de Dom Pedro II mandou incendiar, em seguida, o hospital da localidade, cujas janelas e saídas haviam sido previamente bloqueadas, mantendo em seu interior os feridos e enfermos, entre eles muitos idosos e crianças. Para não deixar sobreviventes, o conde d’Eu ordenou aos soldados que cercavam o prédio incendiado para que empurrassem de volta às chamas, a golpes de lanças e baionetas, os que tentavam escapar. Novo e brutal extermínio ocorreu apenas quatro dias depois do massacre de Peribebuy, na batalha de Acosta Nu, em que 20 mil soldados aliados lutaram contra apenas 500 veteranos paraguaios, comandados pelo general Bernardino Caballero, e 3.500 crianças, cujas idades eram inferiores a dez anos. Sem distinguir adultos ou crianças, a matança incluiu também, mulheres que lutavam ao lado de seus filhos e companheiros, não poupando nem mesmo aquelas que, desarmadas, tentavam socorrer os feridos ou resgatar corpos. Estas últimas tinham presenciado a luta desigual ocultas no matagal que cercava o campo onde se travava a batalha. Quando, após muitas horas, os combates cessaram, Gaston d’Orleans mandou que o matagal fosse incendiado, matando as mulheres e os feridos. Episódio semelhante em crueldade já ocorrera, em dezembro de 1868, no término da batalha de Avaí, em que perderam a vida 3 mil brasileiros e o general Osório teve o maxilar destroçado por um tiro. Como vingança, lanceiros da cavalaria brasileira atacaram mulheres indefesas que socorriam os feridos paraguaios. Consta que os aliados teriam promovido a contaminação proposital de rios da região do conflito, jogando em suas águas cadáveres de vítimas do cólera. Em despacho privado ao imperador Pedro II, datado de 18 de novembro de 1867, atribuído ao marechal Luiz Alves de Lima e Silva, na época ainda marquês de Caxias, a prática desta espécie de guerra bacteriológica primitiva teria sido admitida como uma estratégia "para levar contágio às populações ribeirinhas". O general Bartolomé Mitre teria não só aprovado a medida como o exército argentino, sob o seu comando, praticaria uma variação igualmente mórbida: a de enviar para as linhas de frente soldados portadores de varíola. Embora sem condições de combater, os militares doentes, ao serem capturados, disseminariam a moléstia entre os inimigos. Porém ninguém conseguiu exceder o sadismo com que o conde d’Eu conduziu as forças brasileiras, em substituição a Caxias, na fase final da guerra. Em menos de um ano de comando - de 15 de abril de 1869 até a morte de Solano López, em 1° de março de 1870 - o marido de Princesa Isabel colocou seu nome entre os maiores e mais impiedosos criminosos de guerra de todos os tempos. Além das matanças que promoveu, o príncipe francês empenhou-se em arrasar materialmente o país vencido. Apenas dois meses depois de assumir o comando das tropas, mandou a artilharia bombardear a Fundição de Ibycui e fuzilou os paraguaios que haviam sobrevivido ao ataque, inclusive o seu comandante. As máquinas e equipamentos que ainda restavam, e poderiam ser recuperadas, foram destruídas meticulosomente pelos soldados brasileiros orientados por um oficial engenheiro. Para completar, foram dinamitadas as comportas da represa da usina que fornecia energia para a siderúrgica, causando a inundação do vale onde fora construída Ibycui e submergindo os seus destroços. Para vencer o Paraguai não bastava o holocausto de sua população. Era preciso também destruí-lo materialmente. Tudo o que simbolizasse o seu progresso e independência teria de ser transformado em ruínas. E assim foi feito.  

 

   

"O Brasil não passa de um imenso Paraguai" - A.Pertence

 

__._,_.___
Atividade nos últimos dias:
Batistas do Brasil é um grupo de membros de igrejas batistas filiadas à Convenção Batista Brasileira, mas sem vínculo oficial com a mesma.

Para ingressar neste grupo, basta enviar um e-mail em branco para:
batistasdobrasil-subscribe@yahoogrupos.com.br

"O culto é uma solenidade racional para louvar a Deus, e não um entretenimento puramente emocional para satisfação pessoal. Culto não é balada."

CANTOR CRISTÃO: Didática e proclamações bíblicas através da música.

"Apenas duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Só tenho dúvidas quanto ao universo." (Albert Einstein)

Solte sua voz de cidadão no grupo Voz da Sociedade:  http://br.groups.yahoo.com/group/vozdasociedade
.

__,_._,___

{ Evangeliza=?ISO-8859-1?Q?=E7=E3?=o Pessoal } TOCAR EM JESUS

comente
 

A bíblia relata a cura de uma mulher que tinha hemorragia por 12 anos. Foram 12 anos à procura da cura. Ela ouviu falar sobre Jesus, foi até Ele, tocou-o e ficou curada. É impossível alguém que ouve sobre Jesus, vai até Ele e o toque, e permaneça do mesmo jeito. A mulher não fora curada antes simplesmente porque não havia se encontrado com Jesus. Infelizmente, hoje temos pessoas que há muitos anos ouviram sobre Jesus, foram até Ele, afirmam terem-no recebido e, ainda assim, estão com enfermidades crônicas, não prosperam em nada, relacionamentos destruídos, depressão. São membros de igreja por mais de 10 anos, ou apenas visitam quando sentem necessidade. Todos os que ouviram sobre Jesus, foram até Ele e o tocaram, tiveram suas vidas transformadas. Esse tocar em Jesus, representa um ato de intimidade. Se não temos intimidade com Jesus, apenas ouvimos falar dele, fomos à Ele, mas não o tocamos de fato.
Intimidade com Jesus é estar envolvido na leitura da Sua Palavra, porque é nela que encontramos o mapa do tesouro.
Intimidade com Jesus e estar envolvido num relacionamento de conversa, ou seja, uma vida de oração.
Preferimos ouvir um dvd a ler a Biblia. Optamos por colocar nossos nomes na urna de oração, pedir a irmã da intercessão que ore por nós, mas não gastamos tempo orando nós mesmos.
Preferimos apenas ir à igreja para ouvir a mensagem do pastor, mas nunca nos dedicamos a leitura de um bom livro. A bíblia diz que a fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus. Isso inclui dvd, cds de músicas, livros e tempo de leitura da PALAVRA DE DEUS.
Não são poucos que vemos reclamando de suas doenças, vida financeira miserável, problemas insolúveis. É necessário alertarmos para o fato de que precisamos tocar em Jesus, não apenas ouvir e ir até Ele!

Uma semana abençoada pra voce!
Josi





POR ANO SÃO ENCONTRADOS 609.000 SITES QUE ROUBAM DADOS. VEJA COMO SE PROTEGER AQUI.

__._,_.___
Atividade nos últimos dias:
x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x

Nossos Emails

Aconselhamento: aconselhamento@evangelizacaopessoal.com

Evangelismo e Discipulado: discipulado@evangelizacaopessoal.com

Pedidos de Oração: intercessao@evangelizacaopessoal.com

Propietária do grupo: tthatthy@evangelizacaopessoal.com

Sair do Grupo: evangelizacaopessoal-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Nosso Site: www.evangelizacaopessoal.com

x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x

.

__,_._,___